Utopia

Na Grécia antiga, berço da democracia. Os homens passavam o dia praticando esportes, frequentando os banhos públicos e fazendo política. Na praça, aproximadamente 6 mil cidadãos se juntavam todos os dias. Ali discutiam e resolviam os destinos de Atenas e do vasto império grego. A cada 30 dias novos dirigentes eram eleitos, não havendo assim tempo para a corrupção se instalar. Na Grécia antiga, berço da democracia. Os homens passavam o dia praticando esportes, frequentando os banhos públicos e fazendo política. Na praça, aproximadamente 6 mil cidadãos se juntavam todos os dias. Ali discutiam e resolviam os destinos de Atenas e do vasto império grego. A cada 30 dias novos dirigentes eram eleitos, não havendo assim tempo para a corrupção se...

Leia Mais

Quem afundou o Titanic

       Balançava a rede de um lado pro outro, os pensamentos lidando com o dilema: fazer ou não a lição que a professora de literatura solicitara. Olhava o céu manchado de nuvens escuras e a inércia tomava conta dele. – Vai chover, melhor ir pra cama – pensava, se espreguiçava, mas não se movia dali, balançando.           Foi então que sentiu aquela presença etérea, mas conhecida, uma voz que lhe falava, que discutia seus pontos de vista. Ela chegou dizendo:          – Larga de preguiça, escritor! Pra que se matriculou na oficina? Agora tem que ir até o fim. Para alguém que nasceu sob o signo de Áries,...

Leia Mais

Socorro!

Era uma bela manhã de fins de maio, época preferida pelos cineastas para filmar cenas externas no trópico de Capricórnio, onde e quando o Sol incide limpo sobre a terra, atravessando uma atmosfera sem nuvens. Era uma bela manhã de fins de maio, época preferida pelos cineastas para filmar cenas externas no trópico de Capricórnio, onde e quando o Sol incide limpo sobre a terra, atravessando uma atmosfera sem nuvens. O set de filmagem estava montado na areia da praia, ao fundo o mar carioca. Por vício, Alice deu uma última ajeitada no cabelo e colocou-se na posição que o diretor lhe havia indicado. – Câmera, ação! Ela começou a despir-se, delicadamente tirando uma a uma as peças de seu vestuário, fazendo aparecer seu magnífico...

Leia Mais

O Cordeiro

Três quarteirões até chegar em casa numa tarde quente, a mochila pesada de livros, o suor molhando, mais um dia inteiro de aulas chatíssimas, felizmente ficou para trás.  Jogar-me no sofá, ligar a tevê e não pensar em mais nada, era o filme que rolava em minha testa por dentro, meu desejo. Mas quando cheguei, o pesadelo começou. Três quarteirões até chegar em casa numa tarde quente, a mochila pesada de livros, o suor molhando, mais um dia inteiro de aulas chatíssimas, felizmente ficou para trás.  Jogar-me no sofá, ligar a tevê e não pensar em mais nada, era o filme que rolava em minha testa por dentro, meu desejo. Mas quando cheguei, o pesadelo começou. Já estranhei a porta destrancada. Minha avó, já bem idosa, e a irmã dela,...

Leia Mais

Ecoterrorismo

Após os desgastes dos festejos de natal e ano novo, falsa felicidade imposta à população pela imprensa e religiões cristãs a serviço do comércio e do misticismo, janeiro começou quente e chuvoso. Sem se importar com a chuva sobre as cabeças, um grupo de crianças esqueléticas batia de porta em porta pedindo comida. Durante o período escolar elas tinham refeições na escola, mas nas férias passavam fome.  As aulas se reiniciaram em fevereiro. Numa tarde chuvosa um van partiu de uma escola particular da Granja Viana, periferia da Grande São Paulo, por volta do meio-dia, transportando crianças pequenas. Aqui e ali o veículo parava para alguma descer. Para serem entregues em suas casas faltavam ainda sete, quando o inesperado aconteceu: um...

Leia Mais